«

»

nov 15 2016

Imprimir Post

Interfaces com a Educação Escolar: Análise crítico-social com base no filme “Duelo de Titãs”

Interfaces com a Educação Escolar: Análise crítico-social com base no filme “Duelo de Titãs”

Marcos Linhares Mouren

remember-the-titans-397218l

                   O contexto do filme apresenta uma sociedade que vive em meio a discriminação racial e a população negra é marginalizada pelos brancos. A junta educacional estabelece que brancos e negros devam frequentar o mesmo espaço escolar.

                   A partir de agora é possível criar um paralelo entre a formação de grupos por Robbins (1998) e as situações observadas no decorrer do filme acima descrito.

                   1ª Etapa – Formação: O treinador negro (Boone) é contratado com a difícil missão de formar o time “Tigers” com alunos brancos e negros. Depara-se com o preconceito a nível pessoal e com a hostilidade entre alunos. Um momento de incerteza, onde os membros estão determinando que tipos de comportamentos são aceitos, ou não. Para minimizar as diferenças o treinador Boone, se junta aos meninos para uma atividade afastada da escola visando estabelecer o estreitamento de convívio entre os dois grupos étnicos, finalmente, formando um time onde começam a se ver como parte do grupo, mas ainda distantes de superarem totalmente as suas diferenças.

                   2ª Etapa – Turbulência: Mesmo com a consciência de grupo, os meninos continuam hostis e conflitos pontuais são gerados entre as partes. Ainda existe a força contrária ao controle imposto sobre a individualidade e sobre quem lidera o grupo.

                   3ª Etapa – Normalização: O filme apresenta momentos em que, mesmo antes do retorno para disputa da Liga, os meninos passam a criar um grupo voltado para a vitória e com os treinos e convivência passam a deixar a questão étnica de lado, esforçando-se para o sucesso da equipe. O grupo está sólido e amadurecido, retonando para a disputa da Liga.

                   4ª Etapa – Desempenho: O time é vencedor nos primeiros jogos com grande vantagem, avança para etapas mais avançadas na Liga e enfrentam dificuldades com desfalques e com falhas de alguns meninos que jogam pela equipe. O técnico examina as potencialidades de cada um, bem como cada um conhece suas potencialidades e a de seus companheiros. A equipe tem bom desempenho em meio as dificuldades porque está entrosado e alguns ajustes são realizados em partidas decisivas.

                   5ª Etapa – Dissolução: Quando um dos meninos sofre um acidente de carro e fica paralítico é um momento de grande tensão para o time, onde existe a preocupação com o desmembramento do grupo formado, em razão do acontecimento, porém, o time é campeão da Liga e sua dissolução só se dá depois do término deste torneio.

istock_000007001086small_mikosch_editoria_racismo-300x203

                   Olhando para o filme e para a formação de grupos por Robbins, o profissional do serviço social ou mesmo os professores são como o técnico do time. Eles são responsáveis por formar um grupo, ainda que heterogêneo. Auxiliarão no processo de superação das turbulências, até que haja a normalização. Avaliarão o desempenho do grupo formado até que ocorra a sua dissolução, até que um novo desafio lhes sejam confiados.

* Graduado em licenciatura em artes visuais pelo Centro Universitário Bennett (2007). Pós-graduado em gestão educacional integrada pela FAAC (2013). Graduando em serviço social pela UniCesumar. Professor de arte na SEEDUC/RJ e na PCRJ. Professor de Desenho Artístico no Mollica Curso de Desenho.

 

Link permanente para este artigo: http://blog.cienciasecognicao.org/?p=1016

5 comentários

Pular para o formulário de comentário

  1. Roberto Stepheson

    Simplesmente, maravilhoso esse grupo de trabalho e pesquisa. Parabéns! Roberto Stepheson

    1. Liliam Ameal

      Muito obrigada pelo apoio e atenção, Stepheson! Grande abraço!

    2. Liliam Ameal

      Muito obrigada! Se tiver alguma experiência, compartilhe conosco!

  2. Marilia Barbosa

    Mto importante trabalhar preconceito racial através do trabalho em equipe.

    1. Liliam Ameal

      Muito obrigada, Marília! Aguardando sua experiência para nós!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>